Pelo fim da violência contra a mulher

O mês de agosto foi escolhido para conscientização sobre a violência contra a mulher e também de ampla divulgação dos direitos femininos, além de ser o mês em que a Lei Maria da Penha completa 14 anos de aprovação.

Segundo estudos, o Brasil ocupa o quinto lugar no mundo, no ranking de violência doméstica, por isso é necessário manter o debate sempre em pauta, reforçando e discutindo sempre o tema com foco na conscientização.

A Lei Maria da Penha completou 14 anos na última semana. Para marcar a data e reforçar o compromisso na luta para acabar com a violência contra a mulher, o grupo Preserves ressalta a importância de abordar o assunto e promover o “Agosto Lilás”. Um dos objetivos da iniciativa é mostrar os indicativos de um relacionamento agressivo e que todos saibam como denunciar as situações em que a mulher corre o risco de ser vítima de violência.

Neste ano, devido à pandemia de Covid-19, a campanha será realizada somente de forma online,

“Campanhas são alertas. Estão sempre a nos lembrar que temos que mudar de atitude. Só com a conscientização do presente poderemos, sim, mudar o nosso futuro”, explica a Coordenadora de Comunicação do grupo Preserves Amanda Caetano.

Para denunciar disque 180 ou 190,